BORRALHO
Editado e Publicado em 20-06-18

Quando ainda estudante, andando pelas terras da fome, da sede, do descaso governamental

e do curral político, tive a oportunidade única de sentir isso:


De que me importa essa solidão,

se lá fora somente existem solidões.

De que me importa essa fome,

se com sono estou.

De que me importa essa colheita,

se seu fruto não tem terra.

De que me importa essa noite,

se lá adiante há um crime.

De que me importa essa angústia,

se com juras me envolvo.

De que me importa essa dona,

se seu coroné não me é ...

De que me importa ...


Quando o marraco finca a terra,

e o suor escorre feito sangue,

Chega o começo nascente,

de um solo sofrido,

dentro de um cabra do vivo.


Quando o marraco se arranca da terra,

o corajudo até treme,

Como se estivesse com medo da própria terra,

No escaldo dessa solação.


Na sacola um maio de cachaça,

No embornal farinha.

Engana bucho até quando?

A cada amanhecer a fé em Deus,

e a reza bruta do trabaio.

Viver, e viver, e mais viver sem nada pedir.


Remediar o sofrimento,

comendo a vida,

da mesma forma que o sol

come essa terra de farta d’ água.

Plantar a terra a cada dia

e nunca saber da morte.

Desmentir a cada momento

Essa mentira do sertão

de deixar a terra.


Coser o linho fulgaz

de esperança eterna.

Chorar na viola porreta,

descanso e mesa

no entardecer desse meu sertão.

De que me importa agora

Se de loucura vive esse povo.

Quem se importa?

E também, de que me importa.


Donde vem essa brisa?

Do mar

Não conheço.

Do sul

É desejo.

É ilusão de amargura.

É inveja de felicidade.


Findo aqui meu sonho

Sem chorar nos olhos da mulher amada.

Com esperança na fresta do luar

Semente, somente, mente não semente.


Vem de algum lugar

Surja do nada.

Não deixe meu povo pitar macaia.


Não quero acalento

Nem mogangas políticas.

Mais que animais são gente

Com rugas e calos de te.

Marco Mendes Di Siervuli - Obra original - Belo Horizonte - 1976

ANTOLOGIA SCORTECCI DE POESIAS, CONTOS E CRÔNICAS

UMA HISTÓRIA NO SEU TEMPO

Scortecci Editora - São Paulo - SP - Brasil - 2007


Copyright © - Bicas News by Navearte - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244