Hashtags da Arte - Museu Nacional de Belas Artes usa expressão de redes sociais
Exposição Hashtags da Arte, em parceria com agência NBS, quer se aproximar do público
levando um dos símbolosmais populares das redes sociais para as paredes do museu.

Editado/publicado em 03/07/19


Fernando Frazão/Agência Brasil


Fernando Frazão/Agência Brasil

O brasileiro é um dos campeões em tempo conectado na internet. Ao mesmo tempo, é um dos povos que menos vai a exposições de arte: apenas 7,5% dos brasileiros tem como hábito ir em museus. Como então tornar as obras atrativas para esta população que vive com os olhos presos à tela da web? E se os museus se utilizassem da mesma narrativa tão popular entre os usuários das redes sociais?

Assim nasceu a exposição virtual “Hashtags da Arte”, uma criação da NBS para o Museu Nacional de Belas Artes/Ibram. Ao colocar, literalmente, hashtags embaixo de pinturas das duas galerias mais importantes do MNBA: a Galeria de Arte Brasileira do Século XIX e a Galeria de Arte Moderna e Contemporânea, o projeto se apropria de uma linguagem muito utilizadas nas redes sociais para contextualizar e mesmo sintetizar o enredo das telas, todas pertencentes ao acervo do Museu, descrevendo as peças expostas no museu de forma leve, divertida e mais próxima de uma geração que já nasceu conectada.

Com esta inovadora iniciativa, espera-se contribuir para uma renovação do público que frequenta o Museu.

“O ‘Hashtags da Arte’ quer propor um jeito diferente, leve, divertido e contemporâneo de tornar a arte mais próxima das pessoas, com a apropriação de uma linguagem que elas já usam” explica André Lima, VP de Criação e CO-CEO da NBS.

“Consideramos a exposição “Hashtags da Arte” uma iniciativa da maior relevância para a divulgação e democratização do patrimônio cultural brasileiro, através de uma linguagem que relaciona pinturas históricas a um comportamento digital contemporâneo” completa Monica Xexéo, diretora do MNBA.


Fernando Frazão/Agência Brasil

Serviço:

Exposição Hashtags da Arte
Museu Nacional de Belas Artes – telefone: (21) 3299-0600
Avenida Rio Branco, 199 – Centro, Rio de Janeiro
Visitação: de terça a sexta-feira das 10 às 18hs
Sábados, domingos e feriados das 13 às 18 horas
Ingressos: R$ 8,00 e meia: R$ 4,00 e ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00
Venda de ingressos e entrada de visitantes até 30 min antes do fechamento do Museu
GRATUITO AOS DOMINGOS.


Fernando Frazão/Agência Brasil


Fernando Frazão/Agência Brasil

DIVULGAÇÃO CULTURAL


Copyright © 2018 - Bicas News by Navearte - CNPJ: 23.987.662/0001-00 - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244 - MÍDIA LIVRE - JORNALISMO INDEPENDENTE