Bicas - MG -

AGRICULTORES FAMILIARES RECEBEM

CAPACITAÇÃO PARA PARTICIPAR DE FEIRA VIRTUAL

A internet é uma alternativa para manter o escoamento da produção com distanciamento social na pandemia.

Editado/publicado em 05/08/21


Divulgação / Emater-MG

A suspensão temporária de feiras livres presenciais e das entregas de produtos para a alimentação escolar em vários municípios prejudicou o escoamento dos produtos agropecuários. Neste cenário de crise, a internet surgiu como alternativa para manter a comercialização. E no Triângulo Mineiro, mais um município se prepara para ter a sua feira de agricultura familiar virtual. No último dia 21 de julho, a Emater de Minas Gerais, o Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) Campus Avançado Campina Verde, o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e a Prefeitura municipal de Campina Verde promoveram o curso Boas Práticas de Fabricação para os agricultores que participarão do projeto de vendas pela internet.

A extensionista de Bem-estar Social da Emater-MG no município, Márcia Helena Barbosa, foi a responsável pela capacitação. Participaram também como instrutores os técnicos do escritório de Campina Verde do IMA, Rafael Raulino Ferreira e Bernardo José Rezende. Os temas abordados incluíram o uso correto de defensivos agrícolas, período de carência e devolução de embalagens, cuidados com a vacinação do rebanho e ordenha higiênica do leite. O curso é uma das exigências para que os produtores rurais possam participar da feira virtual.

Os estudantes do Campus de Campina Verde do IFTM também vão oferecer treinamento sobre marketing digital para os produtores candidatos a participar da feira. Eles receberão instruções sobre a melhor forma de fotografar e descrever seus produtos numa rede social. De acordo com o diretor do IFTM no município, Antonio Maximiano Neto, inicialmente, o Instituto fará as postagens dos produtos a serem comercializados, mas o objetivo é que os produtores assumam essa função posteriormente.

PARCERIAS

Márcia Helena Barbosa afirma que as parcerias são importantes para a criação da feira virtual, como a do Conselho Municipal de Desenvolvimento Ruralo Sustentável (CMDRS) e a da prefeitura, por meio da Secretaria municipal de Agricultura. A extensionista da Emater-MG destaca que, além de melhorar a renda dos produtores e a economia da região, a feira virtual também será importante para garantir o acesso da população a alimentos frescos e saudáveis. Ela avalia que em cerca de um mês a feira virtual da agricultura familiar de Campina Verde já esteja em funcionamento.

Uma pesquisa realizada pela Emater-MG em todo o Estado, em março de 2021, constatou que a venda por meio das mídias sociais, com sistemas de entrega domiciliar, já é registrada em mais de 60% dos municípios.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Emater-MG

Matéria relacionada:

Notícias mais recentes publicadas

Lançado 4º edital
para venda de imóveis 2021

Brasil atinge marca de 100 milhões com a primeira dose da vacina Covid-19

Manifestação pelo voto impresso auditável em Juiz de Fora

PC desarticula organização criminosa suspeita de atuar em Juiz de Fora


Copyright © 2021 - Bicas News by Navearte - CNPJ: 23.987.662/0001-00 - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244 - bicasnews@bicasnews.com.br
O crédito ao Bicas News é obrigatório, exceto quando especificado ou para conteúdos reproduzidos de terceiros.