Bicas - MG -

Museu Dona Beja, marco histórico de Araxá, lança Tour virtual 360º

Visita convida turistas e toda a comunidade local a conhecerem a estrutura do museu, que recentemente passou por modernização apoiada pela CBMM.

Editado/publicado em 04/11/21


Divulgação - Imagem Print

Após cerca de um ano de sua reforma e reabertura , o Museu Dona Beja, localizado em Araxá, Minas Gerais, presenteia o público com mais uma novidade: o Tour virtual 360° .

Trata-se de uma visita em formato audiovisual para aqueles que, por algum motivo, não podem comparecer presencialmente ao casarão, que hoje é símbolo da cultura histórica da cidade de Araxá e região.

Em tempos de distanciamento social, a solução digital vem para ampliar o acesso à instituição, que resguarda e promove o zelo à história local da cidade mineira. Com o apoio da CBMM, o Museu foi revitalizado, e se tornou um dos pontos turísticos mais atrativos de Araxá. Desta parceria, nasceu a ideia do Tour 360º em modo virtual, seguindo a tendência contemporânea de outros museus ao redor do mundo, como o Louvre (Paris) e o MET (Nova Iorque).

"Educação, cultura, saúde e esporte são fundamentais para transformar a sociedade. Por isso, apoiamos iniciativas que tem como objetivo o desenvolvimento de nossa comunidade", afirma Leonardo Rocha, Gerente de Engenharia da CBMM. "É uma honra participar de um projeto que fortalece a cultura da nossa comunidade. Temos orgulho de ser uma empresa araxaense e uma das maiores apoiadoras da cultura do estado de Minas Gerais", continua.

Portanto, para aqueles que ainda não conhecem os interiores do Museu Dona Beja ou que apenas desejam revisitar o local após sua restauração, a dica é navegar pela tela de seus dispositivos eletrônicos. Um dos objetivos deste projeto foi, justamente, acolher os cidadãos durante o isolamento social e disponibilizar o acesso remoto ao serviço cultural que é oferecido pela casa.

"A visita virtual foi excelente para o momento da pandemia", diz Cynthia Verçosa, presidente da Fundação Calmon Barreto, que hoje é proprietária do Museu Dona Beja. "O museu tem toda a parte da arquitetura tombada, ele é da comunidade. As pessoas têm muito carinho pelo casarão na praça e muitas pessoas ainda não estão saindo, estão no processo ainda de vacinação", complementa. A alternativa virtual seria um remédio para estes "momentos difíceis", coloca Cynthia, uma vez que "o museu é de todos".

O mito Dona Beja

O folclore popular está ligado à vida da influente Ana Jacinta de São José (1800-1873), que viveu na região de Araxá, em Minas Gerais, e foi considerada uma das mulheres mais belas do Brasil Imperial.

O codinome "Dona Beja" foi dado por seu avô, quando criança, devido ao seu charme, pequeno porte e doçura. Tanto em Araxá, quanto na cidade de Formiga, onde Ana Jacinta passou a segunda metade de sua vida, grande parte da memória coletiva dos cidadãos passou a ser alimentada com referências e a trajetória de Dona Beja.

Em parte, isso se deve ao fato de que a reconquista do território do Triângulo Mineiro por Minas Gerais, em oposição à Goiás, é atribuída a esta personagem. Após ter sido raptada em 1814 pelo ouvidor do Rei, Beja influenciou na decisão de transferência deste território para o estado mineiro. Sua casa, então, tornou-se um monumento histórico.

O início de um sonho

O casarão foi inaugurado como um museu regional na praça Coronel Adolpho em 1965 pelo jornalista Assis Chateaubriand. O "Museu Regional Dona Beja" tinha como razão social Associação Artística e Cultural do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, justificando a sua categoria regional. Esta foi a primeira inauguração de uma série de museus regionais por todo o Brasil, tendo também marcado os 100 anos de emancipação política da cidade de Araxá, Minas Gerais.

Trajetória administrativa

Em 1986, o imóvel foi renomeado e passou a chamar "Museu Municipal Dona Beja", época na qual também passou por uma restauração e teve seu primeiro projeto museológico e museográfico realizado pelas equipes técnicas da então Secretaria Estadual da Cultura por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (IEPHA).

Em 1987, após reabertura ao público e inauguração da exposição "Dona Beja recebe Calmon", o museu passa a ser administrado pela Fundação Cultural Calmon Barreto, cujo nome referência é o artista plástico cearense Calmon Barreto.

Em 1990, o prédio e acervo do museu são tombados pela Lei Municipal Nº 2.410 e em 1998 o local passa a se chamar "Museu Histórico de Araxá - Dona Beja", nome que reconhecia a importância local e evidente influência para a cena museológica da região.

Em fevereiro de 2017 o imóvel foi adquirido pelo município, após acordo entre o Jornal Estado de Minas S/A e a Prefeitura Municipal de Araxá. Em setembro do mesmo ano, graças ao apoio da CBMM, a Fundação Cultural Calmon Barreto adquiriu mobiliário. A partir desta data, o móvel passou a integrar o acervo do Museu que teve Dona Silvéria Aguiar como sua primeira presidenta de honra.

Mais acessibilidade e segurança

Por meio do patrocínio da CBMM via Lei Federal de Incentivo à Cultura, em 2018 foi realizado um projeto de reforma e restauração do Museu Dona Beja. O museu foi reaberto em 27 de agosto de 2020, e toda a comunidade araxaense e de turistas puderam desfrutar da nova "cara" do edifício e seus cômodos. Esta ação teve como objetivo garantir não só a preservação das obras do museu, mas o bem estar dos visitantes a longo prazo.

Algumas das principais novidades lançadas com o projeto da reforma foram:

- elevador
- rampas antiderrapantes
- banheiros com acessibilidade
- deck na fachada frontal

Para além destas vantagens, o projeto também deu conta de fazer reparos gerais, como uma nova pintura das paredes, a troca e revisão do madeiramento e telhado e a substituição da rede elétrica.

Visite o Museu Dona Beja pelo Tour virtual 360º:

Serviço

Museu Dona Beja
Visitação: de terça a sexta das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00
Email: museus@fundacaocalmonbarreto.mg.gov.br
Telefone:(34) 992571160
Endereço: Praça Coronel Adolpho, nº 98 - Araxá, Minas Gerais

DIVULGAÇÃO CULTURA CIDADÃO

Notícias mais recentes publicadas


Copyright © 2021 - Bicas News by Navearte - CNPJ: 23.987.662/0001-00 - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244 - bicasnews@bicasnews.com.br
O crédito ao Bicas News é obrigatório, exceto quando especificado ou para conteúdos reproduzidos de terceiros.