Bicas - MG -

INC realiza primeiro transplante de coração e rim na rede pública do Rio de Janeiro

Jovem de 23 anos, que recebeu os órgãos, se recupera bem.

Editado/publicado em 29/06/21

O Instituto Nacional de Cardiologia (INC), vinculado ao Ministério da Saúde, realizou o primeiro transplante de coração e rim, durante uma mesma cirurgia, em um hospital da rede pública no Rio de Janeiro. O procedimento ocorreu em 22 de junho e foi classificado como “muito bem-sucedido” pela instituição.

A paciente é Luiza Rodrigues Guimarães, de 23 anos. De acordo com o INC, onde a jovem ainda está internada, Luiza “passa bem e cumpre o período de pós-operatório”. A menina, que mora em Macaé (RJ), foi diagnosticada com câncer ainda na adolescência. Se curou da doença, mas o tratamento de quimioterapia gerou sequelas no coração.

Esse tipo de caso, em que o paciente de câncer desenvolve cardiopatias devido ao tratamento, é comum. Por isso, o INC lançou neste ano uma pós-graduação em Cardio-oncologia. O curso é realizado em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e Instituto Nacional de Câncer (INCA).

De acordo com a médica Jacqueline Sampaio dos Santos Miranda, coordenadora do Serviço de Transplante Cardíaco do INC, o duplo transplante é um procedimento de alta complexidade e raro, mesmo na rede privada. “É sempre um desafio, ainda mais no contexto atual da pandemia”, disse Miranda. “O mais importante é que a Luiza recebeu bem os dois órgãos e tem prognóstico favorável. Ela é jovem e vai poder ter uma vida normal”, completou Jacqueline.

O procedimento foi viabilizado por meio de uma parceria com o Hospital Adventista Silvestre, que tem expertise em transplantes de rim e enviou uma equipe médica ao INC. De acordo com Jacqueline, foi preciso obter uma autorização especial do Sistema Nacional de Transplante (SNT) para concretização da parceria entre o INC e Silvestre.

Na cirurgia da jovem Luiza, o médico Carlos Eduardo Dantas, do INC, realizou o transplante de coração e o doutor Eduardo Fernandes encarregou-se do transplante de rim. Os transplantes só aconteceram graças à disponibilidade de um doador em que a família autorizou a retirada tanto do coração quanto dos dois rins. Como de praxe, a paciente Luiza Guimarães recebeu apenas um dos rins e o outro órgão foi destinado a um paciente de outro hospital.

INSTITUTO NACIONAL DE CARDIOLOGIA

O INC é referência do Ministério da Saúde no tratamento de alta complexidade em doenças cardíacas. Atua há mais de 40 anos com destaque em procedimentos hemodinâmicos, cirurgias cardíacas de alta complexidade. É um dos três institutos federais no Rio. Os outros são o Instituto Nacional de Câncer (INCA) e o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO).

Conheça mais o Instituto Nacional de Cardiologia (INC):

Ministério da Saúde


Copyright © 2021 - Bicas News by Navearte - CNPJ: 23.987.662/0001-00 - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244
O crédito ao Bicas News é obrigatório, exceto quando especificado ou para conteúdos reproduzidos de terceiros.