Bicas - MG -

Em operação histórica, 74% das primeiras vacinas recebidas

por Minas Gerais já chegaram às Regionais de Saúde

Ação estratégica do Estado tem como objetivo garantir a celeridade do maior processo de vacinação da história de MG.

Editado/publicado em 19/01/21


CBMMG / Divulgação

Até as 14h desta terça-feira (19/1), 81% das vacinas recebidas por Minas Gerais via Ministério da Saúde já foram entregues às Regionais de Saúde do Estado em um trabalho integrado das Forças de Segurança Pública – Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil e Gabinete Militar do Governador. Com isso, a expectativa é a de que todos os imunizantes cheguem ao destino em menos de 24 horas, garantindo uma agilidade ainda maior para a mais impactante operação de vacinação da história do Estado.

As 577.480 doses do primeiro lote de vacinas chegaram à central da Rede de Frios da Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta segunda-feira, às 22h27. Poucas horas antes, cinco integrantes do grupo prioritário, todos funcionários da linha de frente do Hospital Eduardo de Menezes, instituição estadual referência no tratamento da covid em Belo Horizonte e Minas Gerais, deram o pontapé inicial para a vacinação em solo mineiro.

Às 4h30min desta terça-feira (19/1) teve início o trabalho logístico de distribuição das vacinas para atendimento das 28 Regionais de Saúde de Minas, com a utilização de quatro caminhões refrigerados, além de cinco aviões e três helicópteros da frota aérea de Minas.

Ao todo, 57% das vacinas serão transportadas por aeronaves, as outras 43% serão transportados por caminhões para as regionais mais próximas de Divinópolis, Sete Lagoas, além de Belo Horizonte.

Após a chegada às regionais, cabe aos municípios buscarem os imunizantes que serão usados em cada uma das cidades.

Grupos prioritários

Seguindo o Plano Nacional de Imunização, serão vacinados neste primeiro momento os trabalhadores da saúde, entre equipes de vacinação, equipes de instituições de longa permanência e os envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de covid-19.

Na sequência, serão vacinadas pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência, seguida de pessoas com mais de 18 anos com deficiência, residentes em residências inclusivas. Por fim, a população indígena vivendo em terras indígenas.

Desde o começo deste mês, o governador Romeu Zema tem acompanhado de perto a chegada das seringas previamente adquiridas pelo Estado às 28 regionais de saúde. Esse trabalho prévio de aquisição de R$ 50 milhões de seringas agulhadas e de 617 câmeras frias para armazenamento dos imunizantes garantirão o início imediato da vacinação em Minas Gerais. Até o momento, mais de 21 milhões de seringas já chegaram ao estado.

Combate à pandemia

O Governo de Minas adotou diversas ações no combate à covid-19 desde o início da pandemia. Uma das primeiras ações foi a aquisição de 1.047 respiradores, ao preço médio mais baixo do país. Isso permitiu que o Estado dobrasse de cerca de 2 mil para quase 4 mil o número de leitos de UTI, muitos deles em municípios que nunca tinham contado com unidades de terapia intensiva.

Essas foram algumas ações que permitiram a Minas Gerais ser, hoje, o estado com a menor taxa de mortalidade no país em razão da covid-19.

Fonte: Agência Minas

Matéria relacionada:

DIVULGAÇÃO SAÚDE CIDADÃO


Copyright © 2021 - Bicas News by Navearte - CNPJ: 23.987.662/0001-00 - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244
O crédito ao Bicas News é obrigatório, exceto quando especificado ou para conteúdos reproduzidos de terceiros.