“A gente tem tudo para o Brasil decolar”, diz presidente
Após missão cumprida em Israel, presidente Jair Bolsonaro diz que agora o foco é na Nova Previdência.

Editado/publicado em 01/04/19 e atualizado em 03-04


(Jerusalém - Israel, 03/04/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro, fala com a imprensa no hotel King David. Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Ao se despedir de Israel, na manhã desta quarta-feira (3), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que sua missão no país do Oriente-Médio está cumprida. Na saída do hotel, ele disse a jornalistas que, em seu retorno para o Brasil, o foco será a Nova Previdência.

As audiências com parlamentares começam na manhã desta quinta-feira (5). “Nós vamos jogar pesado na Previdência porque ela é um marco. Se der certo, a gente tem tudo para fazer o Brasil decolar”, afirmou.

Ele reforçou que o parlamento é soberano para fazer os “polimentos” no texto da Nova Previdência. “Gostaríamos que [a proposta da Nova Previdência] passasse como chegou [no Congresso], mas nós sabemos que vai ter mudança. Não existe projeto sem mudança, é coisa rara de acontecer isso aí, ainda mais um projeto tão amplo como esse”, enfatizou.

Brasil anuncia abertura de escritório em Jerusalém
O objetivo do governo brasileiro é promover comércio, investimento, tecnologia e inovação entre o Brasil e Israel.


(Jerusalém - Israel, 31/03/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro, e o Primeiro-Ministro de Israel, Senhor Benjamin Netanyahu, durante declaração conjunta à imprensa. Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste domingo (31), em seu primeiro dia de visita a Israel, a abertura de um escritório de negócios em Jerusalém. O objetivo do governo brasileiro é promover comércio, investimento, tecnologia e inovação entre o Brasil e o país do Oriente Médio.

"Agora há pouco tomamos a decisão final, ouvindo o nosso general Augusto Heleno, ministro de estado, em criar, abrir aqui em Jerusalém, o escritório de negócios voltado para a ciência, tecnologia e inovação", informou o presidente Jair Bolsonaro em declaração conjunta à imprensa, após o encontro oficial com o premiê israelense, Benjamin Netanyahu.

"Eu abençoo a sua decisão de abrir um escritório de comércio, tecnologia, inovação. Um escritório de representação em Jerusalém", afirmou Netanyahu.

Parceria

Durante o encontro, que ocorreu na residência oficial do premiê, os dois líderes e suas comitivas firmaram acordos de cooperação nas áreas de ciência e tecnologia, defesa, segurança pública, saúde, piscicultura e serviços aéreos.

Ao comentar os acordos celebrados, o presidente Jair Bolsonaro classificou a nova parceria bilateral como uma "casamento" que trará "muitos benefícios aos nossos povos". "O Brasil é um país muito grande, um país riquíssimo. Falta muito pouco para nosso desenvolvimento, por isso, cada vez mais nos aproximamos de países que estejam alinhados conosco", declarou.

O premiê israelense definiu a aproximação com o governo brasileiro como "um início novo e maravilhoso nas relações entre Brasil e Israel". "Assinamos hoje acordos importantes", disse.

Ainda durante sua fala aos jornalistas, Bolsonaro agradeceu o apoio de Israel ao governo brasileiro, ao enviar militares para ajudar nas buscas por vítimas da tragédia causada pelo rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais.

Visita

Este é o primeiro dia de compromissos do presidente Jair Bolsonaro durante a visita oficial à Israel, que se estende até quarta-feira (3). Mais cedo, ao desembarcar em Tel Aviv, o presidente foi recebido com honras militares israelenses e fez declaração de agradecimento ao lado do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Entre os compromissos oficiais previstos na programação da agenda em Israel estão visitas à Unidade de Contra-Terrorismo da Polícia Israelense e à Igreja do Santo Sepulcro e ainda encontro com empresários.

Brasil e Israel firmam seis acordos de cooperação

"Queremos fazer com que o Brasil se aproxime cada vez mais do que há de melhor no mundo”, diz presidente Bolsonaro.


(Jerusalém - Israel, 31/03/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante reunião ampliada com o Primeiro-Ministro de Israel, Senhor Benjamin Netanyahu. Foto: Alan Santos/PR

Brasil e Israel firmaram neste domingo (31) seis acordos de cooperação entre os dois países em áreas como ciência e tecnologia, defesa, saúde e serviços aéreos. As parcerias foram assinadas em reunião entre o presidente Jair Bolsonaro e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e suas comitivas, durante o primeiro dia visita do presidente brasileiro ao país do Oriente Médio.

Ao firmar as parcerias, o presidente Jair Bolsonaro frisou seu desejo de colocar o Brasil em lugar de destaque. “A questão ideológica deixou de existir no nosso governo. Buscamos ampliar os nossos negócios no mundo todo. Queremos fazer com que o Brasil se aproxime cada vez mais do que há de melhor no mundo”, disse o presidente.

Atos internacionais

Foram firmados quatro acordos relativos a segurança pública, questões relacionadas à ciência e tecnologia, defesa e a serviços aéreos. No que se refere a segurança pública, foi firmada parceria de prevenção e combate ao crime organizado. Com relação à defesa, o intuito é promover a cooperação entre as partes em matérias relacionadas a pasta. No que tange aos serviços aéreos, a intenção é concluir um acordo com o propósito de estabelecer e explorar serviços aéreos entre seus respectivos territórios.

O acordo com o ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações tem o objetivo de fortalecer a cooperação econômica entre os países por meio de aplicações tecnológicas avançadas. Os países irão conduzir pesquisas científicas e tecnológicas conjuntas, desenvolver programas e projetos, bem como fornecer e trocar equipamentos para pesquisa. Essa cooperação permitirá ao Brasil se aproximar ainda mais do seleto grupo dos países que melhor aplicam a ciência, a tecnologia e a inovação na produção de potencial econômico e na melhoria da qualidade de vida para a população.

Atos Interinstitucionais

Também foram firmados dois acordos interinstitucionais, sendo eles relativos ao plano de cooperação na área da saúde e da medicina, entre ministérios da Saúde para os anos 2019-2022, e uma cooperação entre Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e a Autoridade Nacional de Cybersegurança de Israel (INCD) na área de cibersegurança.

Fonte: PR-Planalto


Copyright © 2018 - Bicas News by Navearte - CNPJ: 23.987.662/0001-00 - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244 - MÍDIA LIVRE - JORNALISMO INDEPENDENTE