Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika – 25/06/2019
Em 2019, até o momento (dados atualizados em 24/06), Minas Gerais registrou 423.317 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) de dengue.

Editado/publicado em 25/06/19

Em 2019, até o momento, foram confirmados 86 óbitos por dengue dos municípios de:
- Arcos (um),
- Belo Horizonte (12),
- Betim (13),
- Campos Gerais (1),
- Contagem (2),
- Curvelo (1),
- Frutal (2),
- Ibiá (1),
- Ibirité (1),
- Ituiutaba (1),
- Jaboticatubas (1),
- João Monlevade (1),
- João Pinheiro (5),
- Juiz de Fora (7),
- Lagoa da Prata (1),
- Martinho Campos (1),
- Monte Carmelo (1),
- Paracatu (1),
- Passos (2),
- Patos de Minas (1),
- Patrocínio (2),
- Pitangui (1),
- Pompéu (1),
- Rio Paranaíba (1),
- Sacramento (1),
- São Gonçalo do Pará (1),
- São Gotardo (1),
- Uberaba (1),
- Uberlândia (16),
- Unaí (2),
- Vazante (2).

São 137 óbitos em investigação para dengue. Vale ressaltar que os óbitos em questão foram notificados ao longo de 2019 e não são, necessariamente, óbitos recentes.

Em relação à Febre Chikungunya, Minas Gerais registrou 2.510 casos prováveis da doença em 2019. Até o momento, foi notificado um óbito em investigação para chikungunya.

Já em relação à Zika, foram registrados 1.231 casos prováveis da doença em 2019, até a data de atualização do boletim.

O estado está em situação de alerta para esse aumento no número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes (dengue, chikungunya e zika).

arquivo em PDF.

Informe: SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

DIVULGAÇÃO SAÚDE CIDADÃO


Copyright © 2018 - Bicas News by Navearte - CNPJ: 23.987.662/0001-00 - Praça Rui Barbosa, 33 - Centro - Bicas - MG - CEP: 36600-000 - TEL: (32)3271-2244 - WhatsApp: (32) 98862-2244 - MÍDIA LIVRE - JORNALISMO INDEPENDENTE